terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Vitória ao cair do pano

Numa tarde onde o futebol praticado foi muito fraco a equipa do brotense entrou melhor e teve nos primeiros vinte minutos um grande ascendente sobre os forasteiros, criando 2 a 3 lances de grande perigo para a baliza de Nuno Russo que fez a sua estreia pelo cortiço, mas sem conseguir inaugurar o marcador. A partir dessa altura e até ao intervalo o jogo pautou-se numa toada muito incaracteristica, com o pontapé para o ar a ser a nota predominante, mas sempre com um ligeiro ascendente dos homens da casa. A segunda parte abre com o golo do brotense numa desatenção do guarda-redes do cortiço que deixou a bola bater lhe a frente e passar-lhe por cima. O cortiço tentou reagir, mas sempre mais com o coração do que com a cabeça e criando um lance de perigo através de tofi que enviou uma bola à barra, com equipa do brotense a dar sinal de quebra e a 5 minutos do fim, um cruzamento da direita e a aparecer Pedro Catarro de cabeça a fazer o empate. No minuto 90 de novo Pedro Catarro num livre lateral a bater directo e com alguma sorte a bola a entrar no ângulo da baliza do brotense, lance em que o uarda-redes das brotas não fica isento de culpas. Boa arbitragem. Num jogo onde o resultado mais justo era o empate, ou talvez a vitória dos da casa a equipa do cortiço fez porventura o seu segundo pior jogo da época suplantado pela péssima exibição de Santana, mas a ter a sorte do jogo. Em relação ao brotense fez um bom inicio de jogo, mas quebrou fisicamente na segunda metade, uma palavra para o treinador do brotense que mais uma vez tentou incentivar a sua equipa, mas tentando humilhar o adversário com "bocas" que em nada o prestigiam e que o leva a ter a imagem que tem no nosso futebol distrital, e que em nada dignificam a equipa do brotense que teve um excelente comportamento, num jogo sem quezílias e picardias.

11 inicial:
Nuno Russo
Rogério
Stalone
Pedro Vieira
Vasco Grulha
Joaquim
Zé Carlos
Pedro Catarro
Jorge Pinto (c)
Tofi
Hugo Pinto

jogaram ainda: Ricardo, João Gaitas e Estraboucha.

Golos: Pedro Catarro 2

3 comentários:

manel(adjunto) disse...

tava eu no banco a dar indicações ao zé chico qd oiço uma voz do fundo que diz!oh zé mete-me la dentro se queres ver!!fui a olhar e vi q era o estraboucha!!eu pensei cmg msm e disse para o zé!!olha pq não,cm assim ja ta perdido!!e o zé la o mandou aquecer e não é que o homem entrou e nós ganhamos o jogo!!!ah gd mantorras!!

Marília disse...

ó João Gaitas dá-me com a tua hómildade

Cuidado disse...

Já é Habitual esse treinadorzeco das Brotas fazer isso. Não sei como ainda ninguem lhe meteu um pé em cima mas, n há-de faltar muito. Ele é que pede...