segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Lotaria amarga

Numa tarde onde o futebol foi um pouco maltratado pelas 3 equipas em campo e onde houve poucas oportunidades de golo, a equipa visitante saiu vitoriosa no desempate por grandes penalidades. Na primeira metade, a equipa do cortiço entrou melhor e fez uns primeiros 5 a 10 minutos de boa pressão sobre o adversário. A equipa visitante começou a reagir e equilibrou a contenda e até ao intervalo, mesmo sem criar situações de golo, foi um pouco superior aos da casa, fazendo o seu primeiro golo mesmo no final da primeira parte. Na segunda parte, o cortiço reagiu e pressionou bastante os visitantes. Num lance de contra ataque, o bairro de Stº António ia matando o jogo mas falhou o segundo golo de maneira incrível. À passagem dos 15 minutos, surge o empate através de um auto golo de um defesa da equipa adversária. A partir do golo, o Cortiço assentou mais a pressão, mas sem construir lances de perigo. No entanto, ao minuto 89, o Cortiço teve a hipótese de acabar com o jogo e evitar o prolongamento, através de um potente remate de Joaquim ao ferro da baliza. No prolongamento, os da casa fizeram o 2-1 através de Mota, num golo um bocado confuso e onde os visitantes reclamaram uma possível falta. Na segunda parte do prolongamento, o cortiço podia mais uma vez ter acabado com jogo com um remate de Grulha ao ferro e com Mota na recarga a falhar. Entretanto, os visitantes reagiram e mais uma vez no último minuto de jogo, o árbitro assinala um penalty inexistente cedendo um pouco à pressão feita por toda a equipa do Stº António e do seu treinador que ameaçou tirar a equipa do terreno 5 minutos antes, aquando da sua expulsão. Restabelecido o empate, o jogo foi para as grandes penalidades com a vitória a sorrir aos visitantes por 4-3. Num jogo muito quezilento e por vezes algo violento, a equipa da casa não merecia perder, pois apesar da má primeira parte efectuada, soube reagir e lutou até ao fim pela vitória; apesar do futebol não ter sido bem jogado, teve 3 bolas nos ferros da baliza do Stº António. Em relação à arbitragem não agradou a ninguém; os visitantes muito se queixaram, mas secalhar e no final das contas não terão sido os mais prejudicados. Para o senhor árbitro esperamos que tenha sido só um dia mau e dizer-lhe que não foi um jogo fácil de apitar, mas que ele também o complicou e bastante.


Equipa do Cortiço

BANHA

PEDRO VIEIRA (c)

(ROGÉRIO)

RICARDO              LUÍS MARQUES           ZÉ CARLOS
(JOÃO MARQUES)                                (JORGE PINTO)

JOAQUIM          VASCO GRULHA

ANTÓNIO                                      PEDRO CATARRO


TOFI               MOTA


GOLOS: auto-golo e Mota.

6 comentários:

Anónimo disse...

No comentário falta dizer que o sr.arbitro passou o jogo a ameaçar e a perseguir os jogadores do stºantónio e também não falou nos 3 golos anulados ao stºantónio.

boa sorte para o campeonato

Snisga27 disse...

Se quiseres mando-te o video dos três golos anulados, Nenhum deles é bem anulado. 2 onde não há falta nenhuma sobre o g.redes e um com um fora de jogo inexistente. Mas pronto no final veio ao de cima a verdade.Abraço

Anónimo disse...

manda tb o video do vosso penalty

TASSO disse...

Jogam muito pouco, o santo antonio foi empurrado para a sua baliza com multiplas faltas, mas o que ficou foi mais uma vitoria para o bairro! boa sorte para o campeonato

DESPORTO ALENTEJO disse...

TODO O DISTRITAL Em:

http://montemor-evora-arraiolos.blogspot.com/

Anónimo disse...

é verdade que vocês ganharam, mas tambem te digo, se o cortiço joga mal á bola coitados de vocês... mas o futebol é assim mesmo e não vai ser uma derrota na taça que nos vai deitar a baixo! têm de tirar as palas... da cara